Projetos

 

Projetos Piscinas em Vinil e Alvenaria

 

  • Piscinas em Alvenaria

A piscina com acabamento em Alvenaria Cerâmica por muitos anos era feita somente com pisos e azulejos. A durabilidade é maior e as chances de manutenção a longo prazo são menores. Embora de maior valor, revestimentos de piscinas de alvenaria contemporâneas podem ser construídas e revestidas por meio de vários materiais, como por exemplo, azulejos, cerâmica, porcelana, pastilhas de vidro, entre outros. Geralmente essa piscina tem duração de cerca de 20 anos. As piscinas de alvenaria, apesar de serem um pouco mais trabalhosas, dão a liberdade de criação de espaço, tamanho e profundidade (não permitido às vezes nos projetos de fibra).

  • Piscinas em Vinil

Sendo um produto de preço baixo comparado com outros tipos de piscina, tem um tempo de instalação geralmente menor, é de fácil manutenção, versatil quanto ao design e modelo escolhido, as piscinas de vinil vêm se mostrando uma boa opção na relação custo X benefício. Em sua base a piscina de vinil é feita como as de alvenaria. Inicia-se pela escavação no formato desejado para a piscina. É feito o trabalho de instalação das tubulações e depois são construídas as paredes com blocos de concreto. Elas recebem o acabamento para que seja aplicado, então, o vinil. Ele é como uma lona, porém, feito sob medida de acordo com a arquitetura do tanque. Não é preciso revestir as paredes com cerâmica ou impermeabilizá-las porque o vinil cumpre essas duas funções. Para que o bolsão de vinil fique exatamente no lugar, sem bolhas, rugas ou falhas, são utilizados equipamentos que fazem vácuo entre o vinil e a parede. Assim, enquanto a piscina vai sendo preenchida com água rapidamente, a fixação do vinil se dá por meio desse vácuo, que o mantém esticado.