WhatsApp: (19) 98874-0888   |   Televendas: (19) 4141-9043


Construção

 

Você está pensando em construir uma piscina?
Para construir uma piscina de qualquer tipo é preciso pensar, antes de tudo, na localização. Leve em conta a isolação, incidência do vento, àrvores e telhados que possam gerar pingadeira, solo (se há tubulação, pedras, terreno de aterro ou há lençol freático. Mesmo que se encontre algumas dessas variáveis, é possível construir a piscina, mas o gasto aumenta.

Se tudo estiver certo, é hora da escavação – manual ou com máquina. Remove-se a terra e dá-se início às etapas de fundação. Nos modelos de alvenaria, depois que a caixa está pronta, é o momento de impermeabilizá-la. Importante: a cada metro é preciso ter uma coluna de sustentação, visto que qualquer movimentação pode comprometer o resultado da impermeabilização. Já na piscina de fibra de vidro, o contrapiso é feito e a peça é assentada ali. Depois, faz-se estruturação com terra ou bloco de concreto mais fino. Nas piscinas de vinil, esse esquema leva contrapiso, paredes com colunas e vigas.

Em todos os casos, o próximo passo é a identificação dos locais de colocação dos dispositivos – o skimmer, o dreno de fundo, as peças de aspiração e de retorno. Na de vinil, inclua o ladrão. Ele é fundamental apenas nessa situação, pois a piscina de vinil não pode ultrapassar a linha d’água. Transbordar, então, jamais. Nos outros tipos, o skimmer cumpre esse papel de nivelamento da água, e alguns modelos até embutem o ladrão. Em seguida, é hora de ligar a tubulação aos equipamentos da piscina, na casa de máquinas, para daí iniciar a instalação dos acabamentos. Liga-se, então, o filtro da rede hidráulica, e depois é só encher a piscina. Importante: ao chamar um caminhão-pipa, verifique a procedência da água. Se ela não for tratada, será preciso fazer o tratamento imediato, físico e químico (liga-se o filtro, joga-se cloro). Depois é só dar o primeiro mergulho!

Qual piscina é a mais adequada: Alvenaria ou Vinil?
Para quem tem dúvidas se escolhe as piscinas de vinil ou piscinas de alvenaria, vamos exlicar sobre cada uma delas para sanas suas dúvidas.

PISCINA DE ALVENARIA ESTRUTURAL

Como já dissemos, ela pode ser construída em diversos formatos e diversos tamanhos tais como a profundidade. Isso possibilita uma liberdade de construção para quem deseja ter uma piscina diferente e que se adeque ao seu ambiente. Esse tipo de piscina também permite que o proprietário adicione vários detalhes, como por exemplo, spas, cascatas, borda infinita, prainha, deque molhado, bancos, entre outros detalhes para decoração. Os revestimentos das piscinas de alvenaria podem ser por meio de vários materiais, como por exemplo, azulejos, cerâmica, porcelana, pastilhas de vidro, entre outros. Geralmente essa piscina tem duração de cerca de 20 anos. As piscinas de alvenaria, apesar de serem um pouco mais trabalhosas, dão a liberdade de criação de espaço, tamanho e profundidade, enquanto as piscinas de fibras são prontas, porém também pode-se escolher o tamanho e profundidade. Antes de iniciar as obras, é preciso contratar profissionais capacitados e especializados na construção de piscinas de alvenaria, para que possam avaliar o terreno. Áreas pouco estáveis podem demandar cuidados especiais que encarecem a obra ou até mesmo inviabilizar o projeto. É preciso tomar muito cuidado com o tipo de revestimento escolhido, porque alguns materiais acumulam sujeira, bactérias e fungos, tornando a manutenção extremamente difícil. Além disso, com o passar do tempo as pastilhas ou azulejos descolam e a estrutura fica sujeita a rachaduras.

PISCINA DE VINIL

Sendo um produto de preço baixo se comparado com outros tipos de piscina, tempo de instalação de cerca de 20 dias, fácil manutenção e versatilidade quanto ao design e modelo escolhido, as piscinas de vinil vêm se mostrando uma boa opção. Podemos escolher um modelo num catálogo ou mostruário, que será “encaixado” no terreno. Em sua base a piscina de vinil é feita como as de alvenaria. Inicia-se pela escavação no formato desejado para a piscina. É feito o trabalho de instalação das tubulações e depois são construídas as paredes com blocos de concreto. Elas recebem o acabamento para que seja aplicado, então, o vinil. Ele é como uma lona, porém, feito sob medida de acordo com a arquitetura do tanque. Não é preciso revestir as paredes com cerâmica ou impermeabilizá-las porque o vinil cumpre essas duas funções. Para que o bolsão de vinil fique exatamente no lugar, sem bolhas, rugas ou falhas, são utilizados equipamentos que fazem vácuo entre o vinil e a parede. Assim, enquanto a piscina vai sendo preenchida com água rapidamente, a fixação do vinil se dá por meio desse vácuo, que o mantém esticado.

 


 

Além das apresentadas acima, existe também as piscinas de vinil. E como você deve ter percebido, não é nada fácil identificar qual o modelo mais adequado para seu estilo, necessidade, ambiente e construção! É por este motivo que a Infinity Piscinas, poderá fazer uma avaliação do seu local, oferecendo um atendimento personalizado totalmente gratuito e sem compromisso onde iremos ajudar você à fazer a melhor escolha!

1. Conte-nos seu projeto de construção de piscina. Envie um email com as fotos.
2. Os melhores profissionais e empresa em construção de piscinas receberão um aviso do seu projeto.
3.  Rapidamente nossa equipe entrará em contato para passar um orçamento.

 

 

Nenhum produto coincide com esta seleção.

SiteLock